CEARÁ JUNINO: O INÍCIO DE TUDO

17/01/2013 21:43

Maria Soares de Oliveira (em saudosa memória) sempre gostou de festejos juninos. Criou em sua casa a quadrilha Cumpadre Toinho, no bairro Álvaro Weyne. Essa foi a primeira semente plantada para surgir a CEARÁ JUNINO. Abriu as portas de sua casa desde a fundação desse grupo.

Todo mundo sentia-se em sua própria residência quando ia na sede da quadrilha, que funcionava em sua moradia.

Em 2008 partiu para junto do Pai Maior e nos deixou. Ficou em nós todos os seus ensinamentos: dignidade, caráter, honestidade, respeito mútuo, solidariedade, compromisso e amor ao próximo.

Sentimos muito a falta dessa mulher, mas sabemos que de onde ela estiver continua olhando e rezando por nós.

A Sociedade Ceará Junino lhe é grata por tudo!